Português English

Transposição do São Francisco ameaça terras indígenas

Inserido por: Administrador em 28/03/2014.
Fonte da notícia: Repórter Brasil

A Organização Não Governamental Repórter Brasil produziu uma reportagem especial sobre o impacto das obras de transposição do Rio São Francisco na vida, cultura e garantia dos direitos dos povos indígenas de Pernambuco.

 

A publicação cita o Relatório de Denúncia produzido pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi) em parceria com diversas entidades, intitulado “Povos Indígenas do Nordeste Impactados com a Transposição do Rio São Francisco”.

 

A reportagem está dividida em tópicos que abordam as problemáticas culturais, políticas e socioambientais que envolvem as obras de transposição do rio e afetam diretamente os povos indígenas da região.

 

Leia a reportagem completa, produzida pela jornalista Renata Bessi:

 

Transposição do São Francisco ameaça terras indígenas

 

Povos Truká e Pipipan sofrem impactos das obras e temem ver terras alagadas antes de demarcação oficial

 

Por Renata Bessi, especial para a Repórter Brasil

 

Cabrobró (PE) e Floresta (PE) - Fincados na caatinga do semiárido pernambucano, em terras secas por onde andou o cangaceiro Lampião, estão os povos indígenas Truká e Pipipan. Vivem nas proximidades do Rio São Francisco, respectivamente nas cidades de Cabrobó e Floresta, distantes 94 quilômetros uma da outra e a cerca de 600 quilômetros da capital Recife. Não faltam a eles características em comum. Habitam terras herdeiras da violência do cangaço, vivem a pior seca dos últimos 50 anos, viram seu chão sendo submerso pela represa de Itaparica em fins da década de 1980, estão no chamado polígono da maconha com inúmeros conflitos agrários, e são vizinhos de Itacuruba, cidade para a qual o governo federal guarda projeto de construção de uma usina nuclear.

 

Em comum possuem também a ameaça à demarcação de suas terras, principal bandeira de reivindicação dos indígenas, pelas obras da transposição do São Francisco, uma das maiores obras de infraestrutura do governo federal. As duas tomadas de águas do rio, que serão levadas por dois canais sertão adentro, estão sendo construídas em territórios reivindicados pelos Truká e Pipipan em Cabrobó e Floresta.

 

Por um mês, a reportagem percorreu terras do sertão de Pernambuco e apurou questões enfrentadas por esses povos, como o conflito de terras e pela água, grileiros, desmatamento, problemas agravados com as obras da transposição.

 

Clique nos links abaixo para navegar por esta reportagem especial.

 

Terras sagradas

A relação dos povos indígenas com as terras, florestas e águas do São Francisco

 

Obras gigantes e incerteza de demarcação das terras Pipipan

Indígenas acompanham com apreensão abertura de novos canais

 

Transposição, a nova barreira para a retomada Truká

Desde a década de 1980 indígenas tentam recuperar áreas desmatadas

 

Conflitos e mortes marcam disputa por terras

Liderança indígena conta história da retomada dos Truká e de violências sofridas

 

Funai atrasa demarcação e recursos são devolvidos

Ministério da Integração havia reservado R$ 6,3 milhões para gastos

 

Impactos ambientais afetam comunidades indígenas

Estudos têm omissões graves e recuperação ambiental é insuficiente

 

Preconceito é barreira para garantir direitos indígenas

Identidade dos indígenas é questionada e perseguições continuam

 

Notícias

Parceria entre Cimi e Unila conclui curso em Histórias e Culturas Indígenas

Após 18 dias de trocas e discussões, concluiu hoje (28) a segunda edição do curso de extensão em Histórias e Culturas Indígenas, uma parceria do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) com a...

Dez anos após declaração internacional, indígenas sofrem

Em seu décimo aniversário, a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas enfrenta sérios obstáculos para proteger populações tradicionais em todo o mundo.

Nota Pública: Michel Temer violenta os direitos dos povos indígenas para tentar impedir seu próprio julgamento

O parecer pretende institucionalizar e pautar as decisões do STF sobre a tese do “marco temporal”, que restringe o direito às terras que não estivessem ocupadas pelos povos indígenas em 5 de outubro...

Mobilização Munduruku segue para Alta Floresta (MT)

A ocupação do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica São Manoel feita pelo povo Munduruku e liderada pelas mulheres da etnia encerrou na noite da última quarta-feira, 19, após reunião realizada entre...

Dom Roque Paloschi: Brasil tenta desfazer as proteções aos povos indígenas

Desde que o presidente do Brasil, Michel Temer, assumiu o cargo em 31 de agosto, ele se cercou de ministros com fortes vínculos com os pecuaristas e agricultores de soja, que se opõem às medidas...

Total de Resultados: 217

Página atual: 4 de 44

Início Anterior 123456789 Próximo Final

Endereço: SDS, Ed. Venâncio III Salas 309/314 - Brasília-DF Cep: 70393-902 - Brasil - Tel: (61) 2106-1650 - Fax: (61) 2106-1651        Twitter - Ciminacional Skype - imprensa_cimi
desenvolvimento: wv