04/01/2018

Nota sobre a páscoa de Dom Heriberto Hermes, bispo emérito de Cristalândia (TO)

“Quando aceitei ser bispo da Prelazia de Cristalândia resolvi usar todos os poderes, o prestigio de um bispo em favor dos pobres” . Em nota, Cimi presta agradecimento a Dom Heriberto Hermes que fez sua páscoa na última quarta-feira. 

O Conselho Indigenista Missionário Regional Goiás/Tocantins expressa sua eterna gratidão ao Dom Heriberto Hermes OSB, bispo emérito da Prelazia de Cristalândia – TO, pelo seu testemunho e compromisso evangélico em favor dos pobres e injustiçados, e de forma especial à causa indígena. Dom Heriberto, na última quarta-feira, dia 03 de janeiro de 2018, fez a sua Páscoa definitiva.

Como bispo da Prelazia de Cristalândia, sempre se destacou pelo seu compromisso evangélico e profetismo em favor da luta pela terra. Ele mostrou sempre a preocupação de ser fiel ao Concilio Vaticano II e de construir uma Igreja ao lado dos que mais sofrem e excluídos da sociedade, para ser uma Igreja pobre, com os pobres e para os pobres. Lutou sempre para implementar na Prelazia a defesa dos direitos humanos.

De forma especial queremos lembrar o apoio que Dom Heriberto sempre deu à luta dos povos indígenas no estado do Tocantins, em defesa da demarcação das terras indígenas. No final da década dos anos noventa, na desintrusão da Ilha do Bananal, uniu força para que este território indígena voltasse a ser de uso exclusivo dos povos indígenas que nele habitam.

Ainda, seu apoio incondicional na luta pela terra do povo Krahô-Kanela, que desde o início do processo fundiário, sempre esteve acompanhando ao povo e ao CIMI GO/TO, em audiências, reuniões, debates e na campanha pela conquista da Mata Alagada, território onde vive atualmente o povo Krahô-Kanela.

Sua voz em favor dos direitos indígenas também se fez ouvir em debates e audiências, de forma especial, sobre os grandes projetos, como as barragens projetadas no rio Tocantins e Araguaia ou contra o projeto do MATOPIBA, que questionava fortemente pelo seu impacto predador e mercantilista sobre o Cerrado.

Lembraremos sempre a Dom Heriberto pela sua presença solidária nas assembleias regionais do CIMI GO/TO e do CIMI nacional, onde sempre se destacou pela sua preocupação permanente pelos direitos indígenas e pela alegria e bom humor. Agradecemos pelos oito anos de bispo referencial do CIMI GO/TO, no regional da CNBB Centro Oeste, colocando-se sempre a serviço e em defesa dos direitos indígenas.

Queremos manifestar nosso carinho, oração e solidariedade à família de Dom Heriberto pelo dom de sua vida e generosidade; à Vida Consagrada, em especial à família beneditina de Mineiros (GO) pelo dom de sua vocação a serviço da Igreja e finalmente, a Prelazia de Cristalândia pelo profetismo, teimosia e audácia evangélica que Dom Heriberto sempre cultivou, até os últimos dias de sua vida.

Que seu testemunho a serviço das causas perdidas do Reino de Deus seja exemplo para nós a fim de sermos uma Igreja em saída, uma Igreja advogada dos pobres, como nos pede o Documento de Aparecida e o Papa Francisco . Que sua vida nos anime na missão de ser Igreja na busca da Terra Sem Males e em defesa da Casa Comum ameaçada.

A luta pelos direitos humanos que foram sua marca o leve ao encontro com o Pai e possa, Dom Heriberto, desde lá, continuar apoiando a busca pela justiça e a paz e o Deus da Vida e da História lhe dê a paz!

Conselho Indigenista Missionário – Regional Goiás/Tocantins.

Palmas, TO, 03 de Janeiro de 2018

Fonte: Cimi GO/TO
Compartilhar: